26 de junho de 2012

A energia através dos ventos – Parte 1

Por Jorge Paulino
Engenheiro Eletricista e de Produção


A Europa investe em novas fontes de geração de Energia

A Europa há milhares de anos utiliza o vento como uma das formas de facilitar as suas necessidades em energia.  Inicialmente o uso da energia dos ventos era utilizado na navegação, no bombeamento de água e na força motriz das atividades industriais.
Na Europa de hoje, os Parques Eólicos são a principal aposta para a salvação econômica e diminuição da dependência externa, principalmente com as importações dos derivados de Petróleo, face ao incremento no consumo de energia e consequente necessidade de novas usinas de geração de energia. 
Dinamarca, Espanha, Inglaterra e Portugal, investem fortemente nesta energia renovável e limpa; França e Itália enfrentam diversos problemas referentes às conexões de redes inadequadas, à necessidades de investimentos e principalmente a uma forte pressão sobre as zonas de proteção ambiental.


Moinhos nos montes de Portugal –

As eólicas em Portugal contribuem com mais de 15% de toda a energia gerada no país e está ampliando a sua capacidade de energia eólica, passando de 3.535 megawatts em 2009 para 5.300 megawatts até 2012/2013

Parque Eólico - Portugal


Através da EDP, Portugal passou a investir fortemente na modernização da sua malha de geração, investindo em sistemas mistos e estrutura local descentralizada - tanto em regiões longínquas e desprovidas de redes de distribuição de energia - ou através de grandes “parques eólicos” constituídos por vários aerogeradores conectados com as redes elétricas.

Foto: Arquivo próprio
Apresentando como característica de um projeto em que mais turbinas podem ser adicionadas para cada estação geradora, Portugal poderá aumentar gradualmente a produção de eletricidade, regionalizando conforme o crescimento da demanda prevista necessária e da demanda prevista futura. 



Foto: Arquivo próprio
A Espanha está entre os melhores países em produção de energia eólica do mundo, possui uma capacidade instalada de 19.740 megawatts. 
Com 26.000 megawatts, a Alemanha é hoje a líder na Europa em geração em energia eólica, com uma estratégia de se tornar líder mundial e detentora da maior matriz energética em geração eólica, porém sofre com as instabilidades constantes dos padrões irregulares de vento do país. 


Alemanha
26.000 megawatts
Espanha
19.740 megawatts
Itália
4.850 megawatts
França
4.492 megawatts
Inglaterra
4.000 megawatts
Portugal
3.535 megawatts
Dinamarca
3.465 megawatts.

A capacidade instalada de geração elétrica por  eólicas na Europa.

A produção de energia elétrica na Europa apresenta dados expressivos, por cada 24 horas, temos hoje quase quatro horas em média, de energia com a origem no vento e com previsão de crescimento das potencialidades desta geração. 

O que é a energia dos ventos, qual a sua origem e como utilizá-la? 

A definição é simples; é o aproveitamento da energia cinética contida no vento para produzir energia mecânica e através de uma engrenagem a qual chamamos de multiplicador de velocidade, pode a seguir ser transformada em energia elétrica por um gerador elétrico.
A origem da energia eólica está no sol, que ao aquecer de forma não uniforme a superfície da Terrestre, cria zonas com maior impacto solar, fazendo o ar aquecer de forma desigual e formando diferentes núcleos de pressões e consequente diferença de pressões, criando deslocamento das massas de ar.
O ar quando em movimento cria uma pressão nas pás, que dão aproximadamente de 10 a 25 voltas por minuto, quando o vento atinge frontalmente as pás, o conjunto mecânico (dentro da nacele) presos ao rotor, movimentam-se girando um eixo que impulsiona um gerador.
O máximo aproveitamento da força dos ventos é dado através do agrupamento dos aerogeradores - os chamados Parques Eólicos; obtendo as maiores quantidades de energia.
Através de investimentos em pesquisas e em tecnologia, novos modelos de Aerogeradores são desenvolvidos com modernas turbinas eólicas e de alta eficiência energética, com potências variando de 2 a 5 MW cada uma, um parque eólico de 100 MW com 65 a 150 turbinas, pode fornecer eletricidade suficiente para alimentar anualmente até 45 000 casas. 


Automatizadas, hoje, essas turbinas eólicas possuem sistemas de orientação controlados por computador, alcançando o máximo rendimento em operação, podendo captar o vento de qualquer direção; todas as turbinas eólicas modernas rodam automaticamente a turbina e alinham as pás com a direção do vento.



Fontes:



Autorizada a reprodução total ou parcial deste Artigo, desde que citada a fonte. Vedada a memorização e/ou recuperação total ou parcial, bem como a inclusão de trechos ou partes, em qualquer sistema de processamento de dados.

Um comentário:

  1. A energia eólica já faz parte do presente e certamente será uma das melhores opções para o futuro, caso ocorra um racionamento de água global.

    ResponderExcluir

A Engenharia no Dia a Dia - No ar desde Maio de 2009

Navegando no Conhecimento

Top Sites Elétrica / Tecnologia

O Brasil Sustentável

Na Blogsfera

Mary PopPowered by BannerFans.com
create your own banner at mybannermaker.com!Quanta Besteira - Humor sem FrescuraCinema Jogos

Entre Amigos

Minha lista de blogs

Googlando pela Web

GOOGLE ART PROJECT Tour pelos Museus do Mundo GOOGLE MAPS Rotas, Ruas e Trânsito GOOGLE LIVROS Livros a um Clique GOOGLE SCHOLAR A sua Fonte de Pesquisa em Trabalhos Acadêmicos

Rodapé

Share |
original feed A Engenharia em Feed
Link-Me20 Minutos
This website has page rank 3. Information provided by WebmasterHandyTools.com Creative Commons License
Termos de Uso
Copyright © 2009 - 2010
Engenharia no dia a dia / por Engenheiro Jorge Paulino
Melhor visualizado com Firefox - 1024x768
<< Voltar ao Início da Página
Related Posts with Thumbnails